Dependência Emocional

A dependência emocional é inevitável no relacionamento?

A dependência emocional que se tem do outro pode gerar hostilidade, quando se percebe o aspecto “perigoso” do ter necessidade.
Geralmente, no início de um namoro é comum as pessoas depositarem no outro a expectativa de nunca mais ficarem sozinhas, de se sentirem completas, estabelecendo então uma relação de dependência.

Todos nós dependemos da necessidade do outro, tanto é verdade que às vezes acabamos por fazer escolhas erradas, escolhas cômodas, buscando uma paz pela qual pagamos qualquer preço: a renúncia de viver a plenitude ou ao menos a a promessa de uma experiência diversa

Na renúncia vivemos não só a falta de autenticidade, mas há algo pior: nós nos bloqueamos e deixamos fracassar miseravelmente uma possibilidade de transformação. A dependência emocional acentua o medo de ser abandonado. O controle e a possessividade passam então a fazer parte da relação.

Reeditando a mesma forma primária de vínculo com a mãe, o antigo medo infantil de ser abandonado reaparece e a pessoa amada se torna imprescindível. Não se pode correr o risco de perdê-la

Concordo com o psicólogo italiano Willy Pasini quando diz: “O medo de que ninguém nos possa proteger e a suspeita de ser abandonado e rejeitado são os pesadelos da infância, mas também os fantasmas da maturidade.

5 sinais de dependência emocional
1- Ciúme e controle
2- Nada é tão importante como estar om o seu parceiro
3- Sua autoestima depende de aprovação
4- Tem dificuldade em tomada de decisões
5- Não consegue viver sozinho

É preciso identificar esses sintomas, colocar na cabeça que você não precisa passar por isso e se preparar para dar uma guinada na sua vida. Você precisa e vai assumir o controle das suas emoções a partir de agora.

Autor: | 2018-02-08T14:46:05+00:00 fevereiro 8th, 2018|Relacionamentos|0 Comentário

Sobre o Autor:

Deixe um Comentário