Cinco Tipos de Traição

Os especialistas apontam cinco tipos de traição. A mais comum é aquela que fica só na fantasia, na imaginação. A traição virtual, pela internet, também está crescendo porque se insere em um contexto semelhante – trair sem contato sexual, carnal. Já a traição circunstancial acontece sem ser premeditada: duas pessoas viajam a trabalho e ficam juntas por uma forte atração sexual. A crônica é mais comum entre homens que fazem tudo pelo prazer do novo. Muitas vezes motivada por uma aventura do parceiro, a traição ostensiva deixa pistas com o firme propósito de acabar com o casamento. ‘Estudos feitos no mundo inteiro mostram que a paixão dura de 18 a 30 meses. Depois disso, é preciso escolher entre viver uma tranqüila relação de amor com a mesma pessoa ou uma nova e arrebatadora paixão com outro’, diz a psicóloga Maria Helena Matarazzo, autora de Coragem para Amar.

Existe também uma diferença de enfoque – o que é traição para uns pode não ser para outros.

A psicanalista Magdalena Ramos, do Núcleo de Casal e Família da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, pondera que a vontade de trair e a fantasia de ter um amante são maiores do que a coragem de concretizar a infidelidade. ‘As pessoas acalentam o desejo de ter uma vida sexual parecida com a dos filmes, mas apenas uma minoria transforma o sonho em realidade. Homens e mulheres temem ser descobertos e perder o parceiro com quem dividem um projeto de vida’, diz.
O que mais contribui mais para a traição acontecer é a falta de afeto. O sexo ainda pode durar por certo tempo. Mas com o tempo você perde o interesse é pela pessoa inteira. O primeiro sintoma é não se beijar mais na boca. O beijo é mais íntimo do que a própria relação.
Na traição o grande perigo é o envolvimento emocional, mesmo que não tenha acontecido a relação sexual.
Perdoar é difícil. A auto-estima fica muito abalada, realmente não dá mais quando acaba o amor e a atração física – a química da pele que não tem explicação. Isto você tem ou não tem, e as vezes o rompimento é a melhor solução.

(*) Kátia Horpaczky
Psicóloga Clinica
CRP – 06/41.454-3
Especialista em Relacionamentos, Sexualidade e Terapia de Casal
Whatsapp 55 11 9.9234-1498

By |2020-06-19T13:01:34+00:00junho 19th, 2020|Relacionamentos|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment